Ah o outono...

Fonte: We Heart It

Gostava do outono. Ah, como gostava. Gostava das folhas alaranjadas, do vento frio que soprava em seu rosto...

Sempre imaginou o vento como algo que leva as coisas ruins embora. Quanto maior a intensidade do vento, maior a intensidade dos problemas. Era isso que ela gostava de pensar quando via um furacão destruir uma cidade inteira. "Talvez os problemas dali fossem tão grandes que o vento precisou destruir tudo para que as pessoas precisassem recomeçar".

Mas o que ela mais gostava no outono era que ele não era nem tão gelado quanto o inverno e nem quente como o verão. E sim os dois ao mesmo tempo. Calor durante o dia e frio à noite. Era assim que ela imaginava as pessoas, boas e más. Ou como deveriam ser. Com seu lado positivo e negativo equilibrados, a vida precisa de equilíbrio, mas as pessoas se esquecem disso, ou não sabem.

Mas era por isso que ela gostava do outono. Por ser equilibrado, frio e calor, folhas, flores, vento... Ah o outono...

Postar um comentário

0 Comentários