Resumão do mês #6 agosto 📚🎬

quinta-feira, setembro 27, 2018

Resumão do mês: agosto
Setembro já está quase acabando mas aqui estou para falar do que andei fazendo em agosto. Parando para ver até que assisti muita coisa e fico até me perguntando como é que consegui fazer tudo isso. Foi bastante coisa mas a maioria foi parar no limbo de: não é bom nem ruim, é esquecível. No quesito leituras felizmente eu consegui ler mais do que estava lendo por mês ultimamente e duas delas foram livros que citei no post Metas literárias para o segundo semestre de 2018. Já estou bem feliz com essa pequena vitória de estar conseguindo manter minha meta.

Musica que me viciei em agosto (culpa de The Good Doctor!): Shine A Light - BANNERS

Livros:

Resumão do mês: agosto
Anjos e Demônios - Dan Browm. Ouvi o audiolivro até a metade mas não consegui me prender a história, que é bem interessante mas não cativa. Vou ver se termino o livro agora em setembro.

As aventuras de Robert Langdon começam nesse livro onde ele precisa impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano.

Antes de Tudo Acabar - Mary C. Müller. Eu fiquei meio dividida com esse livro. Ele me surpreendeu bastante por abordar assuntos importantes e sérios e adorei como a autora lidou com um relacionamento abusivo na história dela e a forma como os personagens viam aquela situação ao mesmo tempo em que acho que a Mary poderia ter se aprofundado mais e melhor no problema do protagonista, problema esse que foi solucionado fácil demais (não vou falar qual é o problema porque pode ser spoiler). Mas o livro me fez refletir sobre alguns assuntos, o que é sempre bom.

Rafael é um adolescente fora dos padrões na escola, onde ele só tem uma amiga, Anne, por quem ele nutre uma paixão platônica. Rafa também tem um pai ausente e uma mãe alcoólatra e precisa lidar com os problemas que isso causa na própria vida. Para piorar Anne começa a namorar, chega uma nova aluna na escola e Rafael tem que lidar com os novos sentimentos que sente em relação ao namoro da melhor amiga e aos que sente pela nova colega de classe.

The Girl From Everywhere - O Mapa do Tempo - Heidi Heilig. Sabe as expectativas? Eu não deveria ter colocado em cima desse livro. Ele não é ruim, pelo contrário. Mas não é o que eu esperava dele. Quando vi que o livro seria sobre viagens no tempo e piratas, pensei que teria muita ação, aventura e viagens no tempo. Engano meu, teve muito pouco disso tudo, fora a pouca explicação que a autora deu para o universo que ela criou. Mas o livro é legal sim e tem bons personagens. (Um dia sai resenha dele aqui no blog)

Nix viaja no tempo em um navio pirata  junto com seu pai, Slate (o capitão do navio) e toda uma tripulação de refugiados do tempo. Tudo que Slate precisa para navegar pelo tempo é do mapa certo, seja ele de um lugar real ou imaginário. Mas Slate está obcecado por um mapa específico, Honolulu, 1868 — o ano em que Nix nasceu e sua mãe morreu. Nix desconfia que para rever sua esposa e salva-la, Slate está disposto a sacrificar qualquer coisa, até mesmo sua própria filha.

The Wicked + The Divine. O que dizer desse quadrinho que é o novo amor da minha vida? História interessante, ilustrações bem feitas, personagens carismáticos. O único problema é ter tão poucas páginas. (Um dia sai resenha dele aqui no blog)

"A cada 90 anos, aproximadamente, doze deuses reencarnam no corpo de jovens adultos. Eles são carismáticos, perspicazes e atraem grandes multidões. São capazes de levar qualquer um ao êxtase. Há rumores de que podem realizar milagres. Eles salvam vidas, seja metafórica ou concretamente. Eles são amados. Eles são odiados. Eles são incríveis. E em menos de dois anos estarão todos mortos. Isso aconteceu uma vez. E vai acontecer de novo." Resumo retirado da quarta capa do quadrinho.

Séries:

Resumão do mês: agosto
Glitch: segunda temporada. A primeira temporada de Glitch foi muito boa mas a segunda foi tão mais ou menos... Não que ela tenha sido ruim, mas não conseguiram manter o nível da primeira temporada, sabe? A trama me prendeu e foi bom rever os personagens mas eu sinceramente espero que não tenha uma terceira temporada pois só vão encher linguiça.

Tudo se passa na pequena cidade Yoorana, onde em uma noite seis pessoas saem de seus túmulos. O policial James Hayes as encontra perdidas no cemitério sem nenhuma memória e sem saber o que estava acontecendo James e a doutora Elishia McKellar levam essas pessoas ao consultório da medica, onde James percebe que nesse grupo está sua falecida esposa Kate. (Está disponível na Netflix)

Leia também: Dica de série | Glitch

The Originals: quinta temporada. Essa foi a última temporada de The Originals e foi um tanto decepcionante para mim. Acho que a última temporada de uma série precisa ser grandiosa e isso foi uma coisa que essa temporada de The Originals não foi. Quer dizer, essa temporada não foi ruim de se assistir, nem nada mas parece que foi feita as pressas e de qualquer jeito. Muita coisa aconteceu só para deixar o público chocado e não para ser útil para a trama. A ideia era boa mas foi mal executada 💩

The Originals é protagonizada por Klaus Mikaelson que junto com seus irmãos foi o primeiro vampiro do mundo. Klaus, agora vivendo em Nova Orleans precisa lidar com o que seu comportamento destrutivo ao logo dos séculos causou, como o relacionamento problemático com a sua família e novos inimigos surgindo em sua porta todos os dias.

Anne with an E: primeira e segunda temporada. Meu Zeus, por que não assisti essa série antes? Ela é simplesmente fantástica! Definitivamente Anne with an E entrou para a minha lista de séries favoritas. (Um dia sai algum post sobre essa série aqui no blog)

Os irmãos Cuthbert resolvem adotar um garoto para ajuda-los a cuidar da fazenda mas por engano o orfanato envia uma garota, Anne. Sonhadora, com um passado difícil, tagarela e com a mente muito mais a frente do que a das pessoas que vivem ao seu redor Anne precisa lidar com uma sociedade que não a aceita tão bem por ser adotada. (Está disponível na Netflix)

Resumão do mês: agosto
Skam Austin: primeira temporada. O remake americano de Skam. Esse remake tinha tudo para ser o melhor dos remakes de Skam (já que o roteiro dele foi dirigido pela pela mesma criadora de Skam original, a Julie Andem) mas foi o que eu menos gostei. A falta de carisma da protagonista estragou a temporada toda...

Leia também: 5 motivos para assistir Skam e
Dica de séries 🎬 | Skam France e Druck

El Ministerio del Tiempo: alguns episódios da primeira temporada. De vez em quando eu tento assistir algum episódio dessa série porque ela é espanhola. A história é bem interessante mas ainda não consegui ser cativada.

É meio difícil falar dessa série e talvez eu passe alguma informação errada mas lá, El Ministerio del Tiempo é um lugar cheio de portas que levam para diferentes lugares do tempo. Poucas pessoas sabem da existência do Ministerio e a missão delas e impedir que intrusos do passado venham para o presente ou do presente indo para o passado. Até por que, já imaginou se os Nazistas tivessem a oportunidade de ter a tecnologia do século 21? (Está disponível na Netflix)

The Good Doctor: primeira temporada. Outra série que depois que assisti só conseguia pensar "Por que não assisti isso antes?!" The Good Doctor é uma série emocionante que me fez rir e chorar bastante. A serie também trás algumas reflexões interessantes sobre autismo e ser médico (eu particularmente nunca tinha tentado me colocar no lugar de um médico).

A série acompanha Shaun Murphy, um jovem com autismo e savantismo, que com a ajuda de um amigo é aceito para trabalhar em um hospital como cirurgião residente e precisa provar para seus colegas de trabalho e alguns pacientes que ele é capaz de exercer seu trabalho.

Filmes:

Resumão do mês: agosto
The Guernsey Litebary And Potato Peel Pie Society (A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata. Só assisti esse filme por causa do nome, adorei esse nome! É um filme emocionante mas que não surpreende, não gostei nem desgostei dele. Para quem gosta de filmes de romance fica aí a dica.

Juliet Ashton é uma escritora com falta de inspiração. Logo após o fim da Segunda Gueerra Mundial ela recebe uma carta onde lhe é apresentada a Sociedade Literária de Guernsey, um grupo formado durante a ocupação nazista. Juliet decide então viajar até a pequena ilha para conhecer as excêntricas pessoas que formam a tal Sociedade Literária. Lá ela se torna amiga dessas pessoas e aos poucos vai descobrindo os segredos que elas tentam esconder. (Está disponível na Netflix)

To All the Boys I've Loved Before (Para Todos os Garotos que já Amei). Gostei do filme e estou adorando como esse últimos filmes adolescentes estão sendo protagonizados por pessoas fora do padrão. Para Todos os Garotos que Já Amei, assim como o livro é bom para passar o tempo e se distrair, é engraçado e tem um romance bonitinho. Gostei muito da forma como lidaram com o relacionamento do Josh com a Lara e até queria que tivessem dado mais destaque para ele, é uma amizade muito bonitinha (diferente do livro, o Josh do livro é chato demais), também queria que tivessem dado mais destaque para as três irmã, mas tudo bem, só espero que também tenha uma adaptação para os outros dois livros da trilogia Para Todos os Garotos que Já Amei.

Toda vez que Lara Jean se apaixona ela escreve uma carta contando tudo que o sente por aquela pessoa, esse é o jeito dela seguir em frente. Um dia essas cartas são misteriosamente enviadas para seus destinatários e Lara Jean não tem escolha se não enfrentar isso já que uma das cartas foi escrita para o namorado de sua irmã mais velha, o Josh, que também é seu vizinho. Para mostrar ao Josh que não o ama mais Lara Jean junto com Peter Kavinsky (outro garoto que recebeu uma carta de Lara Jean) decidem fingir estar namorando, mas as coisa não saem como planejado. (Está disponível na Netflix)

This Beautiful Fantastic (Uma Beleza Fantástica). Esse é daqueles filmes botinhos e gostosos de assistir em um dia frio enquanto se toma alguma bebida quente. Gostei bastante dele, sem falar que ele lembra um pouco O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, só que é mais interessante. Também foi legal rever alguns atores, tipo a atriz que faz a Sybil em Downton Abbey (ela também aparece em A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata) e o ator que faz o Moriarty em Sherlock.

Bella Brown é uma jovem bibliotecária tímida e peculiar que sonha em se tornar escritora de livros infantis e que de forma improvável acaba fazendo amizade com seu vizinho rabugento. (Está disponível na Netflix)

Like Father (Tal Pai, Tal Filha). Tá aí outro que não não gostei nem desgostei. Fui ver o filme esperando uma comedia mas ele está mais para drama. Um filme que não é engraçado, um drama que não chega a ser triste.

No dia de seu casamento Rachel revê seu pai (que não a procurava a anos) e é abandonada no altar por focar demais em seu trabalho. Depois de passar a noite bebendo ela acorda no cruzeiro que iria passar a lua de mel, só que em vez de levar seu ex noivo ela leva o pai. (Está disponível na Netflix)

Fallen. O erro desse filme é que ele foi lançado tarde demais. Se ele tivesse sido lançado lá na época de Crepúsculo provavelmente teria dado certo e a Rubyane no início da adolescência com certeza teria amado o filme e achado tudo muito romântico. A Rubyane jovem adulta por outro lado achou tudo meio bobo. Fallen é um filme legal para passar o tempo mas tem muitos furos no roteiro, eu que li o livro faz mais de cinco anos e não me lembro de quase nada da história, não entendi varias coisas no filme fora que a Luci conseguiu superar a Bella no quesito falta de carisma e expressões faciais. Espero que o filme de Hush Hush consiga ser melhor...

Luci é uma adolescente que provocou um acidente e por isso é mandada para um colégio interno para jovens problemáticos. Lá ela conhece um grupo de jovens estranhos e misteriosos, nesse grupo está Daniel, um garoto bonito e mais misterioso ainda que fica evitando a Luci mas ela logo se sente atraída por ele e tem a impressão de que já o conhece.

♦♦♦

Me conta, como foi seu agosto? Já assistiu/leu algum dos filmes/séries/livros que citei nesse post?

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

0 comentários

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥