Resenha literária | Poder, inimigos e uma Noite Sombria

quinta-feira, dezembro 28, 2017

resenha literária | Noite Sombria - Daniele Oliveira
Laura Cruz perdeu o emprego que tanto gostava e com ele sua independência está longe novamente. Para superar essa fase ruim ela decide fazer uma pequena tatuagem e sair para curtir a noite, no dia seguinte Laura percebe que sua pequena tatuagem agora está cobrindo toda a suas costas e que aquele símbolo na verdade é o símbolo de uma antiga e poderosa raça, os Vantaecs. Laura vê sua vida mudar completamente com o peso de descobrir que as criaturas sobrenaturais existem e de ser a única Vantaec viva. Quando assassinatos ritualísticos começam a acontecer a jovem desconfia de que alguém próximo a ela possa estar envolvido.

Noite Sombria. Crônicas Noturnas – livro 1 | Autora: Daniele Oliveira | Editora: Arwen | 317 páginas | No Skoob
*** Livro cedido em parceria com a autora ***

Leia também:
Primeira impressões | Noite Sombria
Sobre a autora | Daniele Oliveira
“– Você não entende, não é? Nesse exato momento sinto uma magia poderosa vindo de você, pode ser que nada aconteça hoje, mas amanhã todos os monstros que conhece dos filmes podem estar batendo na sua porta e então, amor, você precisará de ajuda.” Página 24
Noite Sombria é narrado em primeira pessoa pela Laura onde a autora narra e descreve tudo de uma forma agradável e direta fazendo com que o leitor tenha facilidade em sentir o mesmo que a protagonista. A história demorou um pouco para me prender, mas quando isso aconteceu (lá pela página 160) o livro acabou valendo toda a pena. Nessa segunda parte do livro é quando ele ganha muito mais ação e o mistério fica mais envolvente fazendo com que eu não desgrudasse os olhos das páginas até ele terminar, sabe? Sem falar que foi nessa parte do livro que o meu personagem favorito da história apareceu ♥
resenha literária | Noite Sombria - Daniele Oliveira
Em relação ao fato de o livro ter demorada para me prender foi por causa dos personagens. Primeiro que senti muita falta de mais personagens femininas com importância na história, a Laura é a única mulher com importância no livro enquanto vários homens tem bastante destaque na história. E segundo que eu não consegui gostar nem do Alan nem do Ben. O Alan além de ser bem confuso a maior parte do tempo é também meio babaca e o Ben, acho que era para ele ser o cara fofo e divertido mas eu não vi graça nele. Outra coisa que me incomodou foram os romances que tinham potencial mas não vi eles serem desenvolvidos, do nada os personagens já estavam sentindo ciúmes e achando que deviam se proteger a todo custo.

Mas a Laura – ou Lac, como gosta de ser chamada – é ótima! Ela é uma mulher bem gente como a gente. Ela tem amigos e se preocupa com eles, é divertida e teimosa, mora com os pais, se acha bonita mas como qualquer um tem aqueles dias em que acaba ficando preocupada com a opinião dos outros e também tem aquelas fases onde parece que tudo só da errado.

O final foi cheio de detalhes e apesar de que eu já desconfiava de certos personagens ele foi um final surpreendente, principalmente em relação ao meu personagem favorito, a revelação sobre ele foi chocante.

Acredito que esse tenha sido o primeiro livro de fantasia que li que tem uma protagonista adulta e foi uma experiência bem legal (já quero ler mais livros assim). Ah, e apesar de o livro ter uma protagonista já adulta ele não tem nenhuma cena que não possa ser lida por um adolescente, então se você está procurando uma fantasia urbana para ler, Noite Sombria é uma boa opção.
resenha literária | Noite Sombria - Daniele Oliveira
E aproveita e dê uma (ou várias) chance para os livros nacionais. Eles são tão incríveis quanto os livros americanos ;)
“Acreditar no impossível não faz de você uma pessoa pior... apenas dá outras respostas ou opções para perguntas e problemas que aparecem diariamente. Certas coisas não existem e outras apenas não possuem provas de que existam, isso não as torna irreais.” página 33

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

18 comentários

  1. Ainda não li esse livro, mas adorei sua resenha sobre ele. Já coloquei na lista de leitura pra esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou pelo livro. Quando ler ele vem me contar o que achou :)

      Excluir
  2. eu ainda não li ele, mas adorei a indicação

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    adorei a forma que resenhou essa obra. Fiquei muito curioso, com certeza vai pra lista desse ano! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha e se interessado pelo livro. Espero que leia e goste dele :)

      beijo!

      Excluir
  4. Oi!! Dica devidamente anotada na wishlist. Eu aprendi, quando comecei a frequentar eventos literários, que a literatura nacional é extraordinária e esse livro parece ser um bom exemplo. Adoro fantasia, mas o fato de quase todos os personagens serem adolescentes já me travam (to ficando velha!). Saber que a Laura é adulta foi o que mais me chamou atenção na resenha e se tratando de "gente como a gente" então... hahaha Vou procurar esse livro. Bjs

    Blog Prateleiras da Fê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da dica!
      Pois é, também me incomoda um pouco isso de a maioria dos protagonistas de livros de fantasia serem adolescentes. Parece que os autores pensam que só da para viver uma aventura tendo 16/17 anos -.-

      Excluir
  5. O que dizer das suas fotos? São Maraaaas !
    Curto muito leituras escritas na primeira pessoa, tipo Crepúsculo, me envolvo total.
    Gostei da resenha, beijinhos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ♥♥ E que bom que gostou da resenha!
      Leituras em primeira pessoa são ótimas para nos aproximar mais dos personagens, né? Eu também gosto.

      Excluir
  6. Ainda não tinha ouvido falar do livro, mas a história me pareceu ser muito boa, bem do tipo que adoro ler. Amei sua resenha.

    https://spkyjmchrstms.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Tem vários livros nacionais muito bons mesmo! Esse parece ser muito interessante, ainda mais por se passar por uma personagem adulta (o que é difícil).

    beijos,
    blogmaisumgoledecafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li o livro, apesar de ter ficado mega curiosa, mas tive a impressão que ele se parece bastante com Instrumentos mortais (e foi exatamente por isso que fiquei querendo ler rs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu que li as duas histórias acho que a única semelhança entre elas é que é uma fantasia urbana. Mas na orelha do livro tem uma nota de um ator (o Eric Novello) falando que ele indica Noite Sombria principalmente para quem gosta de Os Instrumentos Mortais :)

      Excluir
  9. A leitura parece bem interessante de acordo com sua resenha! fiquei curiosa, já tá na lista de próximas leituras. bjs

    ResponderExcluir

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥