Resenha literária | Quando não queremos que o inverno chegue em Calafrio

quinta-feira, outubro 19, 2017

Lembro que conheci esse livro bem na época em que estava louca/desesperada pela Saga Crepúsculo, eu estava em um consultório médico lendo as revistas que tinha por lá quando vi a capa de um livro com um lobo em meio a neve (essa capa aqui ó). Apesar de que na época eu estava muito mais encantada por vampiros do que lobisomens a trama me chamou a atenção e fui para casa com o título do tal livro na cabeça e comecei a ler ele pela internet mas acabei não gostando e abandonei. Foi só esse ano que decidi dar outra chance para o livro escrito pela minha autora favorita quando encontrei ele no Sebo e não é que a leitura valeu a pena?

Calafrio. Os Lobos de Mercy Falls – livro 1 | Autora: Maggie Stiefvater | Editora: Agir Now | 344 páginas | Skoob
"Eles arrancaram a menina do balanço de pneu que havia no quintal e a arrastaram para a floresta; seu corpo deixou um leve rastro na neve, uma trilha do mundo dela para o meu. Eu vi tudo acontecer. Não impedi." página 9
Calafrio é o primeiro volume da quadrilogia Os Lobos de Mercy Falls e gira em torno de Grace, uma garota que vive em uma casa que é vizinha a um bosque onde vive lobos. Aos 11 anos Grace foi atacada por um bando de lobos mas o que impediu que seus companheiros matassem a garota foi um lobo de olhos amarelos. Seis anos depois, Grace agora com 17 anos é uma adolescente comum mas que não conseguiu esquecer do lobo de olhos amarelos que a salvou. As coisas se complicam quando um adolescente é morto por lobos. Os moradores da pequena cidade temendo esses animais resolvem se reunir a caça-los, nesse mesmo dia Grace encontra um garoto ferido em sua porta, ele tem os mesmos olhos amarelos que o lobo que a salvou anos atrás.

O garoto se chama Sam e ao longo do livro vemos ele e Grace tentando descobrir o que realmente aconteceu com Jack (o garoto que foi morto) enquanto tentam ficar juntos mesmo que o inverno esteja se aproximando e isso signifique que Sam vai voltar a se tornar lobo e talvez nunca mais se tornar humano.
Se tem uma coisa que eu amo nos livros da Maggie é a criatividade dessa mulher, se você leu algum livro dela sabe do que eu estou falando. O diferencial de Calafrio é a mitologia que envolve os lobos, não, eles não são lobisomens que se transformam na lua cheia, eles se transformam no inverno. Pois é, é o frio que faz com que eles tenham que libertar seu animal interior. Espero que isso não tenha soado estranho. Não vou entrar em detalhes sobre isso até porque acho que já até falei demais e não quero estragar a experiência de leitura de ninguém.
"Um dia, um lobo mordeu um homem e o homem foi infectado. Magia ou ciência, dá no mesmo. A única coisa mágica a respeito disso, é que não se pode explicar" página 212
Não sei se dá para notar isso com a minha “sinopse” mas esse livro é um romance. O foco dele é o romance e tudo que acontece é por conta do romance. Eu não sou grande fã de romance, na maioria das vezes o romance nos livros de fantasia me deixam irritada mas não foi o caso nesse livro aqui. Na verdade acho que não tem como não shippar a Grace com o Sam pois os dois juntos são muito fofos e não é um romance enjoativo. Mas nem tudo é perfeito (com exceção de Os Garotos Corvos) e achei que a Maggie poderia muito bem ter desenvolvido melhor o começo do relacionamento entre entre os dois jovens pois do nada eles já estavam perdidamente apaixonados um pelo outro! Ou melhor, a Grace se apaixonou por um lobo! E Maggie minha querida, isso é bizarro.

Eis um fato, eu adoro os personagens da Maggie. Adoro a forma como ela os constrói e os desenvolve tornando eles tão diferentes e únicos. Sam e Grace não são os típicos bad boy arrogante e mocinha sem personalidade, bem pelo contrário. Grace é uma garota muito independente para a idade dela por conta que seus pais são ausentes e também por isso ela é bem solitária mesmo tendo duas melhores amigas, aliás ela é bem daquelas pessoas que esquecem dos amigos quando se apaixona, fazer o que né. E o Sam é um garoto adorável e gentil que se preocupa com os outros é muito apegado a alguns dos membros do seu bando de lobos.

Calafrio tem capítulos bem curtos e é narrado em primeira pessoa pela Grace e o Sam. O livro tem pouca ação (como já disse ele é totalmente focado no romance) mas é uma boa dica para quem está procurando uma leitura rápida e agradável com um casal fofo. O livro não é tão bom quanto A Saga dos Corvos mas fica aí minha dica de um livro que super combina com um dia chuvoso.
 E você, já conhecia esse livro ou a autora? Ficou com vontade de ler ele?

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

4 comentários

  1. Ual, eu amei. Já li um livro há muito tempo atrás bem parecido e parece ser sensacional. Eu gosto muito dessa questão de Lobo... Não simplesmente lobisomem e tal, quando puxa pra esse lado. Fiquei muito curiosa para ler! hahaha beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou ♥
      É um assunto bem interessante, né?
      Espero que leia e goste do livro :)

      beijo!

      Excluir
  2. Amo resenha sobre livro! ler é o meu forte! amei o port.
    parabéns!

    https://valleskapaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥

@rubyane_santos