Resenha literária | A Bolsa de Contos de Naví

sexta-feira, julho 21, 2017

Resenha | A Bolsa de Contos de Naví
A Bolsa de Contos de Naví é uma antologia de contos criada para apresentar aos leitores os personagens principais de Os Guerreiros de Alquemena – A Jornada de Lorenai. Quem vai nos apresentar esses personagens é Navi, o fauno, que reúne algumas pessoas – entre elas você – em volta de uma fogueira para passar a noite contando suas histórias.

Resenha | A Bolsa de Contos de Naví
A Bolsa de Contos de Naví | Autor: Delson Neto | Disponivel no Wattpad | Adicione ao Skoob.

Os contos:

Um Selo para Lady Noctis. 

Lady Noctis é uma feiticeira muito antiga e poderosa que acaba aceitando fazer um trabalho para o Barão das Colinas Brancas cujo pagamento é bem alto, acontece que o Barão não cumpre com o trato. É nesse conto que vemos como a sombria feiticeira reage a quem a engana.
“Lady Noctis não queria nada além de alcançar os seus objetivos.”

Sangue de Dragão.

Aqui conhecemos Gideon Drakhonis, um jovem cuidador de dragões que acorda nu em uma casa desconhecida sem se lembrar de como chegou ali, é quando ele conhece Khalina, uma Amazona de Opala. Resenha detalhada do conto aqui.

Beber ou Morrer.

O conto nos apresenta a Fada Verde, a rainha das fadas e sua Paladino, Giletta. Ovos de fadas podem ser usados na produção de bebidas alcoólicas e quando alguns de seus ovos são roubados para esse feito a Fada Verde e sua Paladino partem em busca de vingança contra o grupo que realizou o roubo.

Espadachim, Garfos e Tortas.

Arian é filho de cozinheiros e sua família trabalha no castelo desde sempre por tanto, o garoto nasceu para seguir os mesmos passos que seus pais. As coisas acabam mudando quando o Conselheiro da Rainha se propõem a tornar o garoto um aprendiz de espadachim. Nesse conto vemos um dia em que Arian é obrigado a tomar conta da filha do Barão das Colinas Brancas e como ser certinho demais pode ser um fardo para o garoto.
“sentiu-se único e corajoso, mesmo que a sorte tivesse lhe favorecido – afinal, ela adorava os iniciantes.”

Íris Púrpura.

Pandros é o leal conselheiro da rainha e é ele que cuida de tudo desde que a Rainha Alquemena Una se sacrificou e já que a princesa Lorenai ainda não tem idade suficiente para assumir o cargo. Nesse conto vemos o dia em que o Barão das Colinas Brancas envia ao castelo uma carga de anões de jardim de presente, o Barão já era conhecido por seus presentes de mau gosto mas todos os anões tinham algo em comum, seus olhos não foram pintados.
Esse conto não está mais disponível digitalmente já que agora ele faz parte da antologia Vilões da editora Wish. Resenha detalhada aqui

Jardins da Realeza.

Aqui finalmente conhecemos a princesa Lorenai. Apesar de que logo se tornara rainha, aqui vemos uma jovem garota curiosa, criativa e divertida.

Introduzindo a Uthophya.

Ao fim dos contos temos essa pequena introdução que explica sobre os selos da magia, deuses, elementais e outras criaturas desde mundo.
Resenha | A Bolsa de Contos de Naví
O que eu achei de tudo:
Os contos são narrados em segunda e terceira pessoa fazendo assim com que o leitor se sinta mais próximo de toda a história e esse foi o meu ponto favorito em toda A Bolsa de Contos de Naví, a forma como o autor narra e faz com que Naví converse diretamente com o leitor fez com que eu me sentisse ali ao redor de uma fogueira tomando chá. Outra coisa que gostei bastante foram as personagens femininas (com exceção da Lorenai, não fui com a cara dela, o que talvez vá a ser um problema já que ela é a protagonista de Os Guerreiros de Alquemena), cada uma delas tem uma personalidade diferente que as destacam, sendo fortes e poderosas.

Como cada conto apresenta um personagem diferente cada um tem uma digamos atmosfera diferente combinando com o personagem apresentado naquele momento. Um Selo para Lady Noctis e Beber ou Morrer são misteriosos e poderosos, Sangue de Dragão assim como o Gideon é divertido e cheio de ação, Espachim, Garfos e Tortas e Jardins da Realeza são mais leves e joviais, e Íris Púrpura é misterioso e até ouso dizer que é um pouco assustador.

O Delson está sempre atualizando A Bolsa de Contos de Naví e já foi confirmado mais seis novos contos sobre novos personagens (um deles já foi lançado, alias) então quem sabe ainda esse ano eu não apareça por aqui falando sobre a segunda parte de A Bolsa de Naví?

A Bolsa de Contos de Naví é uma boa dica para quem está procurando algo rápido, divertido e cativante para ler de forma digital. E claro, é uma ótima forma de adentrar ao mundo criado pelo Delson, mas você não precisa ler essa antologia antes de ler Os Guerreiros de Alquemena – A Jornada de Lorenai, você pode perfeitamente ler o livro e então a antologia.

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

8 comentários

  1. Vi a foto do fauno do início do post e já vim correndo ver do que se tratava, porque simplesmente amei Labirinto do Fauno hahaha! Eu adoro histórias com essa atmosfera mágica e mística! Adorei a sua recomendação! <3
    Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Labirinto do Fauno ♥♥
      Eu achei que o fauno desse filme combina tanto com o fauno Naví que tive que colocar esse gif hahaha
      Que bom que gostou ♥

      beijo

      Excluir
  2. Que bichinho estranho kkk

    http://www.coisasdaisa.com/

    ResponderExcluir
  3. Historias com esse mundo sempre encantam, achei interessante que cada conto tenha uma atmosfera, assim a leitura não fica monótona. Boa sugestão de leitura! Abraços!!

    https://proposicoesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso é muito bom!
      Que bom que gostou :)

      beijo

      Excluir
  4. hahahahha confesso que o fauno do gif atraiu minha atenção porque amo o filme Labirinto do Fauno hahahahahhaha..
    É o tipo de leitura que eu gosto e fiquei super curiosa *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que a minha ideia de colocar o gif do fauno deu certo atraindo as pessoas *-*
      Eu também adoro esse filme!
      Fico feliz que tenha se interessado, Clay!

      beijo

      Excluir

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥

@rubyane_santos