Resenha: Pássaros de Priscila Motta

sexta-feira, abril 22, 2016

Pássaros é um livro de 153 páginas escrito pela Priscila Motta. O livro ainda não foi publicado por nenhuma editora e eu li ele através de uma parceria. Para saber mais aqui está a página no facebook sobre o livro.
Minha nota: ★★★★

Pássaros conta a história de Cecília, uma jovem que tem problemas respiratórios e por isso desde criança mantem suas ações e rotina controladas para evitar uma possível crise respiratória. Sua rotina é sempre a mesma – de casa para o trabalho, do trabalho para casa –, até que ela recebe uma ligação e se vê partindo de volta para a sua antiga cidade onde terá que enfrentar fantasmas do passado. Em sua jornada Cecília conhece Pietro, um jovem musico que a ajuda com a viagem. Durante o caminho de volta ao litoral a moça vai se lembrando de momentos diferentes de sua vida como quando ela, sua mãe e seu irmão mais velho Hugo tiveram que se mudar para a cidade grande; ou como era passar as tardes observando Hugo trabalhar em uma lanchonete; ou como era o relacionamento de Hugo e seu melhor amigo, Lucas.

Quando comecei a ler Pássaros eu estava esperando por um livro onde a doença da personagem principal teria um maior destaque, mas só no finalzinho do livro que eu fui perceber que a história não se tratava disso. Fiquei um pouco decepcionada mas depois de um tempo pensando passei a entender e ver beleza na história. Nela vemos o crescimento de Cecília e o quanto ela mudou se comparar o começo e o fim do livro, no começo ela era uma moça que se dava por completo para o trabalho para não se distrair com coisas que provavelmente se resultariam em uma crise respiratória e no fim lá estava ela, enfrentando um de seus maiores medos. A leitura se intercala no passado e no presente, o que eu achei bom porque assim deu para conhecer melhor Lucas e Hugo.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Cecília e a leitura é cativante fluiu bem de uma forma que foi gostoso de acompanhar e os detalhes são bem descritos, apesar de que em alguns momentos me incomodou não saber a idade ou aparência da protagonista. Algo que eu achei interessante é a forma como a autora usa as palavras, eu não sei explicar bem isso mas me fez lembrar a forma como os portugueses falam.

Todos os personagens foram um tanto quanto interessantes, como por exemplo: Pietro, Lucas e Jéssica. Apesar do livro focar apenas em Cecília eu gostaria que a autora tivesse explorado melhor os outros personagens, ou pelo menos só o Pietro, que foi importante ao longo da história e acho que teria sido bacana saber mais sobre ele e como ele pretendia seguir com a vida dali para frente.

Pássaros foi uma leitura um pouco diferente das que eu estou acostumada mas eu gostei da experiência. E logo percebi que a intenção da autora não foi criar uma história com reviravoltas e intrigas mas sim uma história leve sobre enfrentar e superar medos. É o tipo de livro que eu acho que seria bom ler em uma tarde chuvosa. Por alguma razão ele me lembra uma tarde chuvosa, calmo e agradável.

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

2 comentários

  1. Parece mesmo ser uma leitura diferente, me interessei. A capa me pareceu perturbadora, se me permite dizer.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!
      A capa é um tanto perturbadora sim, mas a história não é não :)

      Beijo

      Excluir

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥

@rubyane_santos