Resenha: Lírio Azul, Azul Lírio de Maggie Stiefvater

quinta-feira, março 10, 2016

Eu preciso parar de criar expectativas sobre um livro. 
resenha Lirio Azul Azul Lirio

Lírio Azul, Azul Lírio. A Saga dos Corvos - livro 3 | Autora : Maggie Stiefvater | Editora: Verus | 348 | Skoob
Cotem spoilers dos livros anteriores. Resenha de Os Garotos Corvos e Ladrões de Sonhos.

Abusca por Glendower continua, só que desta vez ele não é o único procurado, Maura também está desaparecida. Em meio a uma mulher estranha, mãe desaparecida e novos inimigos Blue, Gansey, Adam e Ronan tentam manter a amizade entre eles estável enquanto lidam com seus sentimentos e com problemas pessoais.

O que dizer desse livro que eu tive que ler duas vezes para achar ele bom? A primeira vez que eu o li não era um bom momento e isso acabou prejudicando a leitura, mas na segunda vez eu já consegui encontrar pontos positivos no livro. Afinal, estamos falando de um livro da Maggie Stiefvater.

Assim como nos livros anteriores a Maggie manteve a narração intensa com diálogos leves e engraçados, algo que eu adoro em A Saga dos Corvos. O que me incomodou foi que eu estava esperando por capítulos focando no Ronan, e não teve isso. Assim como os Garotos Corvos Lírio Azul, Azul Lírio é narrado em terceira pessoa focando no ponto de vista da Blue, do Gansey, do Adam e o vilão do momento(que eu não vou falar quem é). E também não consegui identificar quem era o personagem principal do livro, em Ladrões de Sonhos ficou claro que o foco principal do livro era o Ronan, em Lírio Azul, Azul Lírio eu não saberia dizer se o foco estava mais na Blue ou no Adam., mesmo o título e a capa nos fazendo lembrar da Blue.

Falando nos personagens, eles foram quem mais evoluíram se os comparar com o primeiro livro da saga.
Blue se manteve forte nos momentos mais difíceis, tendo alguns acessos de fúria em certos momentos, em um deles o seu lado feminista falou mais alto. Como não gostar?
Gansey me pareceu um tanto quanto perdido. Muita coisa mudou e ele me pareceu estar com dificuldades para lidar com tudo.
Adam me irritou em alguns momentos com o sentimento de inferioridade dele, sempre se lembrando que o Gansey tem mais dinheiro que ele. Mas ele também foi quem mais me surpreendeu, mostrando ser muito mais inteligente do que deixa parecer, percebendo detalhes que ninguém nota e também começando a aceitar algumas coisas.
Ronan foi outro personagem que eu notei uma mudança significativa, nesse livro ele demonstrou afeto por todos os membros do grupo, incluindo a Blue.
Noah apareceu bem pouco, o que foi uma pena, ele é o meu personagem favorito.

Mas fora o que eu disse mais pra cima o livro é muito bom, e mereceu os quatro pontos ganhos na minha nota. Lírio Azul, Azul Lírio teve momentos divertidos, momentos tristes e outros com a dose certa de tenção. O epílogo não foi grande coisa mas Cabeswater ficou assustadora em um certo momento, então valeu a pena. Assim como os dois livros anteriores esse também deixou muitas perguntas no ar e o que eu mais tenho aqui são teorias sobre o que pode acontecer. Espero que o quarto e último livro da série, The Raven King, responda essas perguntas.
resenha Lirio Azul Azul Lirio

"– Vocês tem uma lista de mortos? – interrompeu Ronan. – Que lance mais sombrio. Eu estou nela?
– Alguns dias eu gostaria de sim – disse Blue." página 175
"A violência era uma doença que Gansey não acreditava que pudesse pegar. Mas, a sua volta, seus amigos estavam sendo lentamente infectados." página 90  
"Ouvi dizer que, se você quer que a magia seja feita, deve pedir para um mágico fazer." página 153

E você já leu o livro? Já leu os outros dois livros? Pretende ler?

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

6 comentários

  1. Ah, eu amei esse livro e mal posso esperar para ler o último da série. Eu amo o Gansey, o que eu acho que não é uma opinião muito popular, e acho a Blue fantástica! :)
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão difícil encontrar alguém que já tenha lido esse livro, então vem cá me abraçar \o hahaha
      O Gansey não é o meu favorito mas acho difícil não gostar dele, ele é puro amor ♥ Sim, a Blue é fantástica! *o*

      beijos

      Excluir
  2. Que livro mais bonito! estou encantada com a beleza das capas! Já aconteceu comigo essa coisa de ter que ler o livro mais de uma vez para gostar. consegui captar mais coisas da história.
    acabei de conhecer seu blog e gostei. eu descobri ele atrás da Mari do Trash Rock. ela falou de você num video e eu vim aqui conhecer. Vou acompanhar sempre!
    ~abraços~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho essas capas lindas *-*
      É meio complicado ter que ler um livro mais de uma vez para gostar dele. Mas o bom é que sempre da para captar alguns detalhes na segunda vez!
      Fico feliz que tenha gostado! Seja bem-vinda(o) :D

      beijos

      Excluir
  3. Ai meu Deus, que lindos! *--*
    Tem tanto tempo que estou louca por essa série! Não sei porque ainda fico me torturando lendo resenha ótimas sobre ele sendo que estou pobre de tudo e n posso comprá-los haha'
    Ótima resenha!
    Beijoss

    www.pratelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei bem como é isso hahaha Mas espero que você consiga ler logo os livros, são muito bons.
      Obrigada ♥

      beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
Os comentários serão respondidos o mais rápido possível.
Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥

@rubyane_santos