Resenha: Guerra Negra de Débora Falcão

segunda-feira, julho 27, 2015

E depois de quase um ano inteiro sem resenha de livros... ok, não é tanto, exagerei. Mas sim, hoje tem resenha! Gerra Negra foi parte de projeto de book tour ou livro itinerante que eu participei e eu gostei bastante disso de receber um livro, ler ele e então enviar para outra pessoa, é bem legal, recomendo.

Guerra Negra. A Saga de Cristal - livro 1
Autora: Débora Falcão.         Editora: Deuses.
Páginas: 257.                         Gênero: Fantasia, romance.
Nota: ★★★★
Keren-Hapuque acredita que sua vida está mudando para melhor quando consegue sair da casa dos pais e ir morar em San Francisco, California. Infelizmente, ela não tinha ideia de como mudaria sua vida, indo estudar na New Order High School. Coisas estranhas começam a acontecer, e um mistério ronda a aura de paz de Junius de Margeau, um rapaz de 20 anos de idade tratado por uma Irmandade como um deus. Sua atmosfera tranquila e seus olhos tão pacíficos quanto azuis escondem um plano diabólico que mergulhará a Terra num futuro apocalíptico. Mas eles não contavam com interferências sobrenaturais e com uma profecia, que envolvia aquela garota. Font: Skoob

A primeira parte do livro foi um pouco estranha para mim, as atitudes da Keren não faziam sentido e eu comecei a me irritar com ela até que felizmente veio a segunda parte da trama e as peças começaram a se encaixar  e foi aí que pensei: "Ah, agora isso faz sentido", é nessa parte que a trama fica realmente envolvente e eu não consegui largar mais o livro depois disso.

Basicamente a primeira parte serve para nos apresentar aos personagens e a toda a trama, e é na segunda parte que as coisas começam a acontecer. A Keren se torna uma mulher destemida e a guerra em nosso planeta se torna algo bem interessante, como por exemplo: países se uniram formando blocos econômicos.

"Num mundo onde todos queriam salvar o planeta, ao mesmo tempo em que o destruíam, petróleo era tudo. Chegava a ser um paradoxo." pág.62

O livro é narrado em terceira pessoa dando foco em Keren, porem em alguns momentos sem nenhum aviso prévio o foco vai para outro personagem, isso não chega a atrapalhar mas me deixou um pouco confusa no começo. A narrativa é intrigante, simples e bem, bem resumida o que facilita a leitura dando para ler o livro numa boa em um ou dois dias. Eu li ele em três dias, foi o meu recorde esse ano!
Teve alguns momentos em que a Keren me irritou bastante, eu particularmente não tenho paciência para muita teimosia então tinha momentos que eu queria que alguém desse um tapa na cara dela. MAS apesar da Keren ser a única que realmente tem destaque durante todo o livro teve dois personagens que se tornaram meus mais novos queridinhos, Josh e Mohammed. Até porque, como não amar personagens misteriosos e adoráveis? E eu acho que iria adorar se a autora escrevesse um livro sob a perspectiva desses dois ♥ #ficaadica
Guerra Negra tem uma trama original e foi bem elaborada, adorei o foco que as religiões tiveram ao decorrer das páginas. Porem eu achei o seu final um pouco fraco, apesar de ter tido uma boa dose de suspense ele não me prendeu, mas o livro em si conseguiu me deixar curiosa para sua sequencia.

"Nem todo branco significa luz. Nem todo preto significa trevas. Há muito mais entre essas duas cores do que suspeita a sua vã religiosidade."

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

0 comentários

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥

@rubyane_santos