Resenha: Como Eu Era Antes de Você de Jojo Moyes

segunda-feira, janeiro 19, 2015

Como Eu Era Antes de Você.
Autora: Jojo Moyes.          Editora: Intrínseca.
Páginas: 320.                     Gênero: Romance, drama
No Skoob                           Minha nota: ★★★★★ ♥
Não recomendo para menores de 14 anos.

Esse é aquele tipo de livro que eu provavelmente nunca teria me interessando em ler, quando eu li a sinopse achei que seria só mais uma história de romance e superação, algo que eu acho clichê e eu não gosto de clichês. Mas aí uma amiga me indicou ele falando super bem dele e eu pensei: "Não custa tentar".

Como Eu Era Antes de Você gira em torno de Louisa Clarck e do Will Traynor. Ambos tinham uma boa vida até que algo acontece e eles são obrigados a mudar de uma forma que não queriam. Wil sofre um acidente e vira tetraplégico, Lou é demitida de seu trabalho em um café e vira cuidadora. A história vai se desenrolando aos poucos, mas com 320 páginas a leitura é bem simples e rápida.

A principio Lou se depara com um Will mal humorado, rabugento e que com suas palavras afasta todos ao seu redor. Lou não vê opção se não tentar se aproximar de Will e fazer a vida dele voltar a valer a pena, para que seu trabalho fiquei mais agradável. Aos poucos eles se tornam amigos e os sentimentos vão aumentando.

Como Eu Era Antes de Você é em primeira pessoa e boa parte dele é sob o ponto de vista da Louisa, com algumas poucas partes que é sob o ponto de outros personagens. O livro em si não é um romance, e sim uma história que da uma lição de moral. Definitivamente algumas das minhas perspectivas sobre alguns assuntos mudaram depois que eu terminei o livro. Jojo soube abordar um assunto BEM polemico de uma forma leve e inteligente fazendo com que seus leitores tivessem uma certa ideia de como é a vida de um tetraplégico e que e as vezes a única coisa que você pode fazer é apoiar a decisão de quem você ama não importa o quão dura ela seja.

Aviso: Se você chora fácil, leia esse livro com um lencinho ao seu lado.

"Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível."
"Você só pode ajudar alguém que aceita ajuda."
"É cansativo levar essa vida, cansativo de uma maneira que as pessoas sadias jamais entenderão de verdade. Se ele está determinado, então eu acho que o melhor que você pode fazer é apenas ficar aí. Você não precisa achar que ele está certo. Mas precisa ficar aí."

Fica mais um pouco. Talvez goste desses:

4 comentários

  1. Oi Rubyane!
    Enfim hoje resolvi aceitar seu convite feito no Skoob para visitar seu blog e ler sua resenha. Gostei bastante da forma como você transmite sua impressão sobre o livro, de forma clara e objetiva, me fez querer ler o mais rápido possível o livro. Desejo sucesso para você e seu blog! Abraços.
    PS: Não fique chateada comigo, me desculpe, mas gostaria de pedir a você que altere e aumente o tamanho das letrinhas do blog, pois fica um pouquinho difícil para ler. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcia! Fico feliz que tenha aceito o convite e que tenha gostado da resenha. Obrigada! ♥
      E sem problemas, é sempre bom saber formas de como melhor o blog visualmente =)
      xoxo

      Excluir
  2. Tenho um pouco de medo de ler o livro porque já sei o que vai acontecer no final, mas pretendo ler antes de lançar o livro. Gostei da resenha.

    Beijos :*

    http://escritasnachuva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final do livro é de arrancar lágrimas, mas é uma história bonita e vale muito a pena ler, recomendo :3
      Obrigada!

      xoxo

      Excluir

• Seu comentário é muito importante, portanto, sinta-se a vontade para me contar o que achou desse post, sempre mantendo respeito e bom senso, é claro.
• Normalmente os comentários são respondidos nos fins de semana.
• Lembre-se: espalhe o amor e não spam.
• Espero que tenha gostado daqui. Volte sempre! ♥

@rubyane_santos