Epílogo em Branco

Precisamos falar sobre #SetembroAmarelo

Setembro já está quase acabando mas nunca é tarde ou cedo para conversar sobre esse assunto.

Ano passado eu falei sobre o Novembro Azul e agora que estamos em Setembro é hora de falar sobre o Setembro Amarelo. Essa campanha foi criada para prevenir o suicídio, que apesar de pouco comentado pela mídia ele existe e acontece com mais frequência do que muita gente imagina.

Para você ter uma idéia, o assunto é tão pouco falado que eu só fui conhecer a campanha no mês passado, sendo que ela foi criada em 2014. Segundo o site oficial o suicídio mata em média 32 brasileiros por dia, sendo que de 10 casos 9 poderiam ser evitados. O suicídio mata mais que a AIDS e muitos tipos de câncer.

É difícil falar sobre o suicídio porque ele não depende de uma só pessoa, a sociedade toda é responsável por ele. Seja na forma como ainda tratam a depressão, a ansiedade ou o trabalho dos psicólogos e psiquiatras. Esses assuntos ainda são tabus para muita gente e muitos pensam que evitar falar sobre isso, varrer o problema para debaixo do tapete vai fazer com que ele suma. Mas não vai.

Mas como expectadores o que nós podemos fazer para ajudar alguém que precisa de ajuda? De certa forma é complicado porque muitas vezes não estamos prontos para receber a carga emocional de outra pessoa, e por mais que a nossa intenção seja ajudar pode acontecer de o nosso conselho piorar a situação. Então devemos tomar cuidado com isso, mas é claro podemos fazer a nossa parte. Preste mais atenção no comportamento das pessoas próximas a você, mostre que você se importa, caso note um comportamento diferente  aconselhe ela a procurar um psicólogo e se ofereça a acompalha-la na consulta. Mas talvez a coisa mais importante que você pode fazer é não julgar o sofrimento dos outros, o que para você é um chuvisco para o seu amigo pode ser uma tempestade. Você pode não entender mas tenta não julgar.

São diversos os motivos que levam uma pessoa a pensar em suicídio ou cometer ele. Pode ser por bullyng, problemas com a família, com a escola ou trabalho, pode começar com a ansiedade que pode levar a depressão, pode ser o sentimento de que ninguém se importa com você ou que você não é útil ou importante...  E conversar sobre o está sentindo pode ajudar e muito. Para isso o CVV (Centro de Valorização da Vida) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio. Eles atendem voluntária e gratuitamente qualquer um que quer e/ou precisa conversar. Para tornar a experiência mais fácil eles atendem por telefone, email, chat ou Skype 24 horas todos os dias.

Resenha: A Bolsa de Contos de Navi - Íris Púrpura

Olha eu aqui de novo para falar sobre um dos contos de A Bolsa de Contos de Navi. Se você não viu minha resenha de Sangue de Dragão clique aqui. E se você não faz ideia do que eu estou falando eu explico.

A Bolsa de Contos de Navi e uma série de seis contos criada para apresentar os personagens do livro Os Guerreiros de Alquema – A Jornada de Lorenai escrito pelo autor Delson Neto. O livro entrou na pré-venda no dia 12 deste mês e foi publicado pela editora Arwen.

Íris Púrpura nos apresenta Pandros, o conselheiro da rainha. E já que o reino está sem uma rainha é ele que cuida de tudo até que a princesa Lorenai tenha idade suficiente para governar. Nesse conto da para entender um pouco sobre a situação atual do reino e logo no início surge um mistério, o Barão presenteia Pandros com vários anões de jardim, não é a primeira vez o Barão da presentes de mal gosto ao Conselheiro mas dessa vez o presente é um tanto quanto estranho já que todos os anões tem uma característica: seus olhos não foram pintados.

A atmosfera desse conto é mais pesada que a de Sangue de Dragão e eu gostei disso. Eu adorei o Gildeon  (personagem apresentado em Sangue de Dragão) mas o Pandros me surpreendeu muito. Ele é enigmático, misterioso, e atormentado mas ainda assim é gentil com todos. Íris Púrpura terminou e me deixou meio desesperada querendo descobrir mais sobre o personagem. O que me fez ficar com mais vontade ainda de ler os outros contos de A Bolsa de Contos de Navi e livro Os Guerreiros de Alquema – A Jornada de Lorenai.

Recomendo Íris Púrpura e Sangue de Dragão para quem assim como eu gosta de uma boa fantasia e misterio já que ambos os contos tem personagens carismáticos à sua maneira e uma boa dose de criatividade da parte do autor.

Se tiver interesse em ler Íris Púrpura ele e os outros contos estão disponíveis no Whattpad.
Adquira o livro na pré venda pelo preço promocional de R$29,90 + FRETE e ganhe de brinde um PDF exclusivo com um conto personalizado.
Link da pré-venda: http://bit.ly/2ccfdOv
Página no facebook: https://www.facebook.com/alquemena/
Instagram da Lorenai: https://www.instagram.com/rainhalorenai/

Resenha: A Bolsa de Contos de Navi - Sangue de Dragão

A Bolsa de contos de Navi é uma série de contos escrita pelo autor Delson Neto para apresentar os personagens de seu livro Os Guerreiros de Alquema – A Jornada de Lorenai, livro que está na pré-venda e foi publicado pela editora Arwen. E eu estou fazendo parte do grupo de divulgação deste livro,  por isso os posts dessa semana vão ser dedicados a ele.

Cada conto apresenta um personagem e em Sangue de Dragão nos é apresentado Gildeon Drakhonis, um cuidador de dragões que acorda sem suas últimas lembranças, nu na casa de uma mulher estranha e perigosa.

A forma como o autor narra é bem descrita e agradável, as cenas de ação são bem elaboradas e o início do conto – com o fauno Navi contando a história em volta de uma fogueira – fez com que eu me sentisse dentro da história.

Quanto aos personagens. O que dizer desses personagens que eu mal conheço e já considero pacas? Quem mais chamou a minha atenção foi a Khalina, uma amazona de personalidade forte. E como é sempre bom encontrar personagens femininas fortes eu espero que futuramente ela tenha algum destaque nos livros.  Já o Gildeon é aquele tipo de pessoa divertida, logo no início ele me cativou com seu carisma e acredito que ele vai ser o responsável em fazer o leitor dar boas risadas em Os Guerreiros de Alquema – A Jornada de Lorenai.

Vale ressaltar que apesar de conter elementos de Os Guerreiros de Alquema – A Jornada de Lorenai, A Bolsa de Contos de Navi são apenas um conteúdo extra. Portanto, você pode ler os contos e depois ler o livro, ou ler o livro e então ler os contos. E se você tiver interesse em ler eles, os contos estão disponíveis no Whattpad.

Adquira o livro na pré venda pelo preço promocional de R$29,90 + FRETE e ganhe de brinde um PDF exclusivo com um conto personalizado.
Link da pré-venda: http://bit.ly/2ccfdOv
Página no facebook: https://www.facebook.com/alquemena/
Instagram da Lorenai: https://www.instagram.com/rainhalorenai/

Bom, é isso. Espero que tenha gostado e se interessado pelo conto. E eu nem preciso dizer que adorei ele e já estou louca para ler Os Guerreiros de Alquema – A Jornada de Lorenai, né?